2 de outubro de 2006

Profunda ou profana?


Segunda-feira nublada.
Outubro e eu com blusa de lã.

Além da condição metereológica adversa, essa segunda-feira tem outras características:
-Começa a corrida para o 2º turno. Acredito que o Lula nunca poderia imaginar isso!
-Os corpos do acidente da Gol começam a ser retirados.
-Ninguém mais se lembra do episódia Cicarelli. Ou ao menos, não tem tanta importância mais.
-Entramos no último bimestre de 2006 ( o ano que nunca acaba!)
Acredito que foi a Clarice Lispector que falou que os escritores têm que ser tristes. A tristeza dá muito mais material e introspecção suficiente para escrever.
Caso tenha sido ela, ela está com a razão.
Prova disso é minha montanha russa emocionalX minha produção no blog.
A alegria inicial me motiva bastante. Mas aos poucos, esse estado de felicidade me torna aérea. Solta. Leve. Boba.
Como boa aquariana, acho que assim crio uma barreira entre mim e os problemas. Assim a tristeza não persiste. E dessa forma, absorta no ar, não me torno uma grande escritora. Sigo profunda como um pires. E quem não me conhece, que me compre.

By Renata que tentou falar dos assuntos do momento. Mas seus pemsamentos a levaram para outro lugar.

8 comentários:

Jacque Muniz disse...

Acontece q sempre é mais facil falar de coisa triste. A gente liga a tv, le o jornal e ta tudo lá: gente morrendo, com fome, corrupção,fofoca de famosos...e assim a gente vai vivendo.
Mas ñ se pode deixar se apagar por noticias ruins.O otimismo ainda é tudo.

Boa semana.
Bjs ^^

alvarêz dewïzqe disse...

é verdade, nunca vi ninguém, que estivesse radiante de alegria, escrever alguma coisa que preste.

André Nascimento disse...

Clkarisse estava certa.
Como sempre.
Melancolicamente certa.

André Nascimento disse...

Clkarisse estava certa.
Como sempre.
Melancolicamente certa.

fabio disse...

Concordo. A tristeza te leva a lugares que nem você pode imaginar, te traz idéias que somem por entre o cotidiano e faz com que você se sinta feliz depois que escreve....

E viva a Tristeza na hora de escrever!

Beijos

Anônimo disse...

Rê e Paty,
na verdade não vou comentar sobre escrever, isso não sei fazer muito menos comentar a respeito. Também não vou falar de tristeza afinal játô farta dela!!! rsss...
Quero mesmo dezer que amei isso aqui, muito mesmo, vou voltar todos os dias!!
bjos Gatas
ps: Paty você precisa postar mais vezes, adoro sua irônia estilo!!rsrsss
Rê Ruiva

Anônimo disse...

Rê e Paty,
não vou comentar sobre o fato de a tristeza ser melhor ou pior para escrever,afinal não escrevo nem quando triste menos ainda quando alegre!!!
Só tô passando aqui pra falar que adorei isso aqui, voltarei todos os dias, portanto rindo ou chorando escrevam bastante!!!rsssss
bjosss Gatonas
Rê Ruiva
ps: Paty vc precisa postar mais vezes, adoro seu estilo!!! rsss

Chico disse...

É...

vc e a Clarice estão certas.
É muito difícil escrever com profundidade quando se está alegre.

NA certa, pq a alegria é um sentimento tão intenso q não permite qualquer reflexão, apenas o gozo do momento atual..."refletir pra q? tô satisfeito...tô feliz"

Enquanto a tristeza naum...nos faz pensar cada vez mais na tentativa de descobrir pq somos tão azarados...pq somos tristes.