21 de outubro de 2007

O que passou, passou! (?)


Passados quatro meses!!! Ela ficou passada.

Por que alguém mexeria no passado?

Ela tinha a certeza de que se nada falasse, aquilo ia passar batido.

Por isso, ficou quietinha. E até ontem, ele também.

Fizeram um pacto de silêncio mesmo sem combinar nada.

O que se passou para ele resolver contar para todo mundo?

Ela que já havia esquecido, agora quer passar a história a limpo.


By Renata que sente saudade... mas isso também há de passar!

12 comentários:

Fernando disse...

Olá, Renata!

Já tinha vindo ao Uma Coisa Puxa Outra, acho que na época do concurso dos blogs, se eu não me engano. Agora por acaso, o encontrei novamente na comunidade "Eu Tenho um Blog", e resolvi ler com mais calma. E adorei o jeito que escreves. Me lembrei da Martha Medeiros, conhece?

Bom, já parou pra pensar que depois deste pacto de silêncio mútuo as coisas ainda podem estar mal resolvidas? Talvez uma conversa ponha as coisas no lugar e assi, você possa, de uma vez por todas, não sentir mais saudades. Porque, creio que se isto continuar assim, a saudade não vai passar. Você não é de ferro, ninguém é...

Beijocas, e se quiser ou lhe apetecer, visite a Coluna Fantasma, ok.

R Lima disse...

Saudade só existe pra dizer que o que vivemos tem sim importância... tem significância.

Mas esse pensar passa e retorna ao sabor da própria paixão.. que dilacera ao simples sentir.

Bj e bom domingo,


Texto de hoje: Grito...

Visite e Comente... http://oavessodavida.blogspot.com/

O AveSSo dA ViDa - um blog onde os relatos são fictícios e, por vezes, bem reais...

Marina disse...

Tudo passa na vida... Até uva-passa
Tudo muda... Até surda muda
Tudo é passageiro... Menos o cobrador e o motorista
Dãã ¬¬

Piadas idiotas á parte

Saudade dói, é aúnica ferida que nunca cicatriza, e mesmo o tempo passando, ela ainda fica lá, um vestígio qualquer, um rastro, mas fica. Como uma mancha numa blusa branca. A gente tenta tirar, mas ela continua lá...

Um beijo

Layrtthon Oliveira disse...

Tudo há de passar, pelo menos na teoria. =]

Camila Passatutto... disse...

Adoro o modo como escreve, segunda vez q venho aki e tudo no blog me agrada...e isso é dificil acontecer rsrsrs...
Bom, nada passa essa é a verdade q levo comigo..e o q o seu texto me transmitiu foi isso mesmo...passar seria ir e se um dia voltar naum ter importancia nenhuma...pokas coisas passam as vezes quase nada...
bjos

http://lapiseiraepapel.blogspot.com/

Helder da Rocha disse...

Para o tempo passar, que tal passar pelo espaço? Fazer uma viagem (Por exemplo, dar uma passada aqui em SP onde passa a Mostra de Cinema: está passando "O Passado" de Hector Babenco, que é um ótimo filme).

Ou talvez algo menos urbano. Comprar uma passagem para mais longe, fazer um passeio pelas serras ou pelas praias. Deitar-se numa noite estrelada e ver o céu passar, e lembrar-se que é a Terra que está a girar, e que a Terra é apenas um ponto azul passando no meio do nada.

Talvez não. Não sei do que se trata. Passei por acaso.

Tavareli disse...

Tudo é passageiro!a vida é assim mesmo.

Antonoly disse...

Como diria Latino: "Renata, ingrata, quem planta sacanagem colhe solidão..." rs

bla disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Redd disse...

tudo na vida passa!! por mais que algumas pareçam passar bem devagar!!!

Capixaba disse...

As vezes passa mas fica a marca.
acho que pode até passar mas nao esquecer as coisas

Antonio † disse...

sorte a sua de que seu passado teve algo de bom pra deixar marca saudável...

o meu tá implorando pra ser apagado!
então... boas lembranças dos seus bons momentos ;)
beijo