22 de outubro de 2007

Há 1 ano

Resolvi relembrar como estava a minha vida há 1 ano. Fui nos arquivos do blog e achei esse post que acho que vale a pena ler de novo.


20.10.06
Aventuras de uma jovem senhora
- Oi! Onde você está?
- Na rodoviária.
- Atéeeeeeee agora???????????????
(30 minutos depois)
- E aí amiga?
- Uai, tô aqui na rodoviária?
-O quÊEEEEEEEEEEEEEEEEE??????
( 1 hora e meia depois)
- O que vamos fazer? Vamos para a festa mesmo?
- Você eu não sei... eu tô na rodoviária ainda...
Na verdade, foram 3 horas de espera na rodoviária. Lugar, digamos, pouco aprazível para se passar tanto tempo.O jeito foi buscar um livro no carro e me deliciar com minha leitura.

- A senhora tem um carregador de celular?
- Não, infelizmente não.
- É que não tenho bateria e preciso ligar para meu cunhado me buscar.
- Como já te disse, não tenho.
O olhar de pidão daquele caipira me comoveu.( Deus, como sou fácil!) .
- Pronto, usa a minha bateria.
- A senhora é de Alterosa também?
- Não.
- É de Divinópolis?
- Não.
- A senhora então deve ser daqui...
- Sou sim.

Este interessante diálogo não me deixava prosseguir com a minha leitura. Mas eu era insistente e não desviava o olhar do livro. Mas acho que ele era mais.
- A senhora vai viajar?
- Não.
- ah....
- A senhora então deve estar esperando alguém.
- Sim.
- Posso saber quem?
- Meu primo.
- E o primo da senhora vem da onde?
- São Paulo.
- São Paulo... sei.
- Pois é.
- Ele trabalha com lingerie?
- Não.

O rapaz se dirige à lanchonete e compra uma lata de cerveja e grita de lá:
- A senhora aceita uma cerveja?
- Não, obrigada.
- Um suco?
- Não, muito obrigada.
- A senhora tem certeza? Tem de uva, de pêssego...
- Tenho certeza sim. Obrigada.

Continuo minha leitura até ele vir mais uma vez...
- Vou dar uma manga para senhora!

E tirou uma manga de dentro da sacola.

- É lá da minha roça. Sem produto nenhum, uma delícia. Pode comer que a senhora vai adorar!
- Obrigada.

Ainda bem que ele logo foi embora. E eu fiquei segurando a manga. Não teria coragem de jogá-la fora. E tentei equilibrar a bolsa, a manga e o livro. Ah, o livro. Vamos à ele.

- A senhora é muito bonita e elegante.

Bom, pelo menos esse não rendeu assunto.De repente, se aproxima uma mulher grávida. Muito grávida. Sentou-se ao meu lado e quis saber quem eu esperava, de onde vinha, qual era o tempo de atraso... Daí um rapaz comentou que o ônibus da amiga dele estava atrasado 15 minutos. Éramos 3 ansiosos. O rapaz comentou que se fosse eu pararia de ler porque era a chamada "leitura branca", pois não me lembraria de nada que li por estar com a cabeça em outro lugar. Quis negar, mas acabei fechando o livro.
O marido da mulher grávida chegou para nosso alívio. A impressão é que a mulher ia dar a luz a qualquer momento. Ficamos eu e o rapaz que comentou que eu deveria ser executiva pela minha roupa e já disparou a falar que as mulheres da capital eram muito independentes e queriam ser assim. Que as mais bonitas iam embora das festas sozinhas pois os homens não têm coragem de se aproximar. Que no interior a vida é mais fácil. Que eu não aparentava a minha idade e que eu deveria ir mais para a balada. Segundo ele, as mulheres menos favorecidas saem mais.

- Renata?
- Oi!
- É a tia. Seu primo está na rodoviária e não consegue falar no seu celular. Onde você está?
- Oi tia. Estou na rodoviária também.
- Ué, ele falou que não te viu.
- Pode deixar tia, vou procurá-lo.

Me despeço do rapaz, ele pede meu telefone. Eu sorrio e dou tchau.

By Renata que não via o primo há 20 anos, achou a manga um presente inusitado, mas gostou mesmo foram das flores que recebera de manhã.

7 comentários:

Zanfa disse...

Hahaha, realmente é um vale a penas ver de novo. =P

Já passei por essa de não conhecer familiares. Eu fiquei sentado por uma miea hora na praça esperando um ônibus do lado de uma prima minha, até que chegou minha tia e me reconheceu, ai eu liguei os pontos!

eAHUEahEAUHAEuaeH, foi muito engraçado.

Bela história! E comeu a manga depois? =p

Uilians Uilson disse...

tem coisa que acontece em nossas vidas que não podemos entender. Gostei do seu jeito despojado de escrever. Sempre que puder retornarei
Se tiver um tempo passe no palavras Certas...
Um abraço e sucesso!
Uilians Santos

... Raphael disse...

Vale a pena ver de novo ... excelente ...
Muito bom, vc escreve muito bem !!

O Enxadrista disse...

Achei interessante e bem escrito.

Mas o melhor foi a última frase =P

Abraço.

- Janine disse...

começou e terminou bem :D
gostei!

;*

R Lima disse...

Mudanças por aqui? Ficaram perfeitas.. parabéns!!

Quem sabe não seja a hora de umas mudanças por lá tb..

Bjs moças,




Vá lá no AveSSo vê um clip que promete polêmica...


Texto de hoje: Não Escute o Vaticano...

Visite e Comente... http://oavessodavida.blogspot.com/

O AveSSo dA ViDa - um blog onde os relatos são fictícios e, por vezes, bem reais...

Redd disse...

é, o silêncio....

e põe pelo menos um dos pés pra frente!