30 de abril de 2009

A menina e as palavras


Eu era adolescente quando recebi uma carta que terminava assim: "Ai, se você fosse ao vivo como é por carta!"
Troco os pés pelas mãos, acho o silêncio pertubador e geralmente, tomo a atitude errada, precipitada. Pessoalmente, também me prefiro escrita. Como a vida é feita para viver e não para ser lida, estou em desvantagem.

By Renata que recebeu um telefonema ontem e quis tanto ter dito a coisa certa...

5 comentários:

Rosangela A. Santos disse...

é dificil falar oq se sente... as vezes se procura palavras e não se acha ... mas da mesma forma em que paramos para pensar no que vai escrever .. se pode usar a mesma tecnica para falar e espressar oq sentimos .. é oq acho .. rsrs

Abç.

JuANiTo disse...

É verdade, muita gente se faz assim.
Inclusive eu!
Mas estamos aqui pra superar qq tipo de barreira e vamos evoluindo assim!
Abraço!

eu-amo-a-ey disse...

em compensação, aqui no blog, onde prevalece a escrita, você está em plena vantagem!

Beijos!

Thiago da Hora Souza disse...

Também me acho melhor escrito do que pessoalmente...

melke disse...

Mais uma aqui!
To lendo tudo... rs... já cheguei aqui olha.. rs
--
Valeu pela visita e que bom que vc se identificou com o texto. Quem sabe daqui a pouco mais de 15 anos, vc num tem um encontro daqueles tb.. rs
boa sorte!!