12 de janeiro de 2007

"O inferno são os outros"



"O período conhecido popularmente como "Inferno Astral" é o mês que antecede o aniversário de alguém. Nesta época, muitas pessoas acreditam viver momentos de angústia, depressão ou até mesmo azar, atribuindo as turbulências a alguma configuração astrológica misteriosa. Será que ela realmente existe e é mesmo inevitável? Existem algumas explicações para entender estes trinta dias temidos antes da inauguração de uma nova idade. O aniversário nada mais é do que o marco de um novo ciclo solar na vida de uma pessoa, ou seja, o Sol passa pelo mesmo ponto do Zodíaco que estava quando ela nasceu, sinalizando uma nova etapa para a sua consciência."





Passar o Natal e o Ano Novo nele.
Frequentemente viajar nele.
Geralmente estar na praia parte dele. Sol, mar,cerveja,sombra e água fresca, dormir muito, dormir nada.
Para completar terminar num dia 13. Nascer num dia treze! Tatuar um gato preto em homenagem ao dia 13.
Num 13 de verão. De começo e recomeços... De esperança, de desejos, de listas de ano novo.

Desta vez:

01 tombo de um banco
01 tombo de uma rede
Uma viagem de carro com 17 horas de duração – só de ida
Um reembolso de 10% do que eu esperava (e precisava!)

Não, não foi nada mal.
Mas ainda bem que acaba sábado!!!
Agora, começa o da Renata.
Até daqui a um mês!



by Patrícia que não acredita em bruxas, elas são muito mentirosas!

5 comentários:

Igres disse...

Até que o balanço do seu inferno astral não foi tão desastroso. Coisas esquisitas e inoportunas, não costumam acontecer comigo só no mês do meu aniversário, mas sim, no ano inteiro.

Dani disse...

Não tinha muita crença nisso antes de conhecer uma pessoa, mas depois que ela passou pela minha vida passei a crer em astrologia...

Aii o meu também está próximo!
vai começar tudo de novo...
x/

Helder disse...

Ih... e tem um cometa (a temida estrela de rabo) passando pela terra agora, e ele cruzou a linha eclíptica no dia 13.

"Cometas são estrelas vis. Todas as vezes que elas aparecem no sul, algo acontece para apagar o velho e estabelecer o novo" Li Chun Feng (602-667 d.C.)

Mas já que passou o inferno, aproveite para ver a estrela de rabo (procure à esquerda do sol, no fim da tarde)

Foi bom prá mim! disse...

Helder, o meu tá só começando...

Renata

Chanis disse...

Sei lá como parei no blogue, mas gostei do sítio. Bom texto e visual agradável. Virei leitor.

Sinceramente
Parabéns