8 de novembro de 2008

Lugar comum

Sabe quando vem uma onda imensa no mar e você só a percebe quando não tem mais para onde correr? E você se abaixa, tampa o nariz, mas é inevitável. Ela passa, arranca a parte de cima do seu biquini, te deixa descabelada, bunda ralada, cara de assustada e sem saber como sair dali.
Passou uma dessas na minha vida. Ainda sinto areia por toda parte e a vontade imensa de conseguir sair do mar por conta própria.


by Renata que tá feliz com a chegada da Sarah e tentando acreditar que ainda dê para viver com otimismo.

2 comentários:

Anônimo disse...

Gosto muito do seu jeito de escrever, de expressar seus sentimentos e de contar de modo metafórico os acontecimentos importantes de sua vida amorosa. Fico aqui me perguntando, o que será que aconteceu? É muito interessante tentar imaginar o que se passou, neste caso por exemplo, acho que vc viu o homem que é objeto do seu desejo, com outra mulher... Se não for, tb não vou saber, mas vou continuar imaginando.
Mto Bom!!!

[ rod ] disse...

E pior é que a gente não aprende.. não tem antídoto pra essas coisas...

Ora.. deveria né?

Moças retornei em casa nova.


Venha conferir o início de tudo.

Venha sentir o gosto dos meus...

Traga também os seus.

O antigo blog O AveSSo dA ViDa agora se chama dogMas.




dogMas...
dos atos, fatos e mitos...

http://do-gmas.blogspot.com/