14 de dezembro de 2007

Era só uma menina


Ele era português. E tinha todo aquele jeito fechado de europeu. Apesar de falarmos o mesmo idioma, nem sempre eu entendia alguns dos seus modos e conversar ao telefone chegava a ser hilário. Não ficava calada para ouvir um fado inteiro e me sentava ao seu lado nos restaurantes, o que ele encarava como falta de interesse de minha parte. (muito depois fui saber que casais se sentam de frente para se olharem).

Foi um namoro pouco convencional. Desde o início, tinha data de vencimento. Ele voltaria para Portugal e deixou claro que a distância não era um obstáculo, era o fim mesmo. Talvez por isso, nunca falamos a respeito, nunca trocamos endereços, nunca me entreguei de verdade.

Nos víamos aos fins de semana e geralmente estávamos rodeados de pessoas. Amigos, colegas de trabalho dele e gente que não acabava mais em festas que apareciam a todo momento. Ele nem sempre ia, mas não ligava que eu fosse, desde que chegasse na hora combinada.

Bravo para um rapaz que tem a altura do Tom Cruise!

3 coisas o incomodavam muito:

- acordar com o barulho das minhas amigas que passavam a noite no sofá

- meus pijamas de ursinho

- eu gostar tanto de estar no meio de todo mundo!


Bom, eu passei a usar pretinhos básicos. Valia a pena para acordar e escutar que meu ronco era um canto de sereia, um ronronar de gatinho e depois sair juntos para tomar um pequeno almoço.

O dia agendado chegou. Não houve despedidas. Apenas um telefonema que me fez entender que mesmo com toda a racionalidade dele, ele havia sido pescado.


By Renata que esta semana teve a pior TPM de todos os tempos e recebeu um email além-mar depois de tantos anos.

15 comentários:

young vapire luke lestat news disse...

HAMMMMMMMMmmmmm!!!!!!!!!
Não entendi nada rssssss.....
Onde vc arrumou esse português nanico?
Os europeus. não são fexados e insenciveis como os brazileiro dizem , somos alegres.
Só não rimos para as paredes........


[]s L.Sakssida

Kemp disse...

Pelo menos a TPM passou... já é um consolo!!!! =)

MaxReinert disse...

heheheh... esses namoros á distância são um caso sério!!
Já andei e, se bobear, entro de novo nessa história... mas fazer o que, né... parece que a gente é qua vai ter que mudar de lugar!!!

PS: Voulevar o "surpreendentemente bem escrito" como um elogio... rssss

Fernando disse...

"Bom, eu passei a usar pretinhos básicos. Valia a pena para acordar e escutar que meu ronco era um canto de sereia, um ronronar de gatinho...".

Engraçado este trecho. O cara era um gentleman, hein? De qualquer forma, vocês foram honestos um com o outro, já que, como você disse, a relação tinha prazo de validade.

Ah, e antes que eu me esqueça, pijama de ursinho incomoda qualquer homem. Mas eu acho que não é pela estampa. Tente um baby doll de ursinho pra ver o resultado. :)

http://colunafantasma.blog.terra.com.br/

lucaxxx disse...

Nossa que complicado comentar aqui. vai pra uma tela depois pra outra. Ve se arruma isso eheh. Bom indo pro assunto do post: vc não falou quanto tempo durou esse romance?
Essas diferenças de culturas são foda, teve uma época que eu namorava uma menina do sitio, uqe falava tudo erado, mas com certeza a menina mais bonita que eu já fiquei ehehe
bjãooo

Antonoly disse...

Relacionamento de qualquer tipo sempre é complicado, perto ou longe rsrsrrsrs...

Beijos!

www.ooohay.wordpress.com

Marcelo disse...

eu nao aguento namorar mulher de ouro bairro, quiçá de outro país

Blog Esponja disse...

Eu sou um que não acredito em namoro a distância.

Um dia acaba e a pessoa percebe que ficou tempo d+ esperando por algo que não ia voltar.

Foi bom prá mim! disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Dragus disse...

Ele ao menos foi sincero.

Existe gente que engana e some.

Meu irmão é um desses... =/

Na conta! disse...

Português baixinho? :O
Se pah, o bom é que parece não ter tio sofrimento, já que era tudo previsto. ;)

Jul!o-http://sodaindie.vila.bol.com.br disse...

Português baixinho
que aterrorizam meninas...
Terror, suspense, literatura ou psicodelia....?????
Acho que todos!


http://sodaindie.vilabol.com.br

Cafeína disse...

estes relacionamentos são boas experiências né?? Pena que deixam um gostinho de 'será'...
obrigada pela visita, serão linkadas tá??? Bjão

Eu* disse...

Muito bom seu blog! andando pelas comunidds orkutianas cheguei até vc e gostei mesmo de seus textos.

bem-humorados(msmo vc estando de TPM) e simples!

...meu romance não foi além-mar,mas parece com o seu....
MGxSP....

que gostoso receber um e-mail inesperado, ne?
faz a gente ficar mais feliz....

portugueses...conheço bem...MEU PAI!

bjs, tudo de bom pra vc! Gisele
www.vivervalelapena.blogspot.com

PV disse...

Já tinha lido e me apaixonado por tudo o que escreves, mas agora encontro-(me) (n)este post depois de "te" ler da frente para trás ou de fora para dentro, não sei. Li tudo, tudo... e cheguei ao "Era só uma menina" sobre o tal email de além-mar com 3 anos já.
Vi ursinhos e pequenos almoços com quase 8 anos... tá na hora do rapaz que tem a altura do Tom Cruise te visitar ou encontrar... de preferencia sentada de frente, para te olhar. bjosss morena...até