3 de junho de 2007

Dois gatos pingados

Ele era o tipo de cara que nunca passaria despercebido. Talvez pelo sorriso cheio de luz, a altura certa, os cabelos com cachos soltos.... Talvez por tudo isso e por ela já saber quem ele era. O fato é que ele também a notou e nesse instante que durou uma piscada de olhos, eles sabiam que o interesse era mútuo. E quando isso acontece, as coisas tomam um rumo que para os românticos ou desavisados, parece obra do destino. E foi assim que eles se encontraram num bar qualquer. E o interesse ficou mais evidente. De ambos.
Bom, a partir de então, o "destino" teria que agir de novo, pois gato escaldado tem medo de àgua fria, e nem um dos dois fazia o tipo que corre atrás de alguém.
Mas ela achou que seria simpático e pareceria casual se o achasse no mundo virtual. Ele se surpreendeu e resolveu convidá-la para um vinho. Ela aceitou, o que não era tão comum de acontecer.
O que se seguiu era o de se esperar para quem se sentiu beijado no primeiro olhar.
Mas eram gatos escaldados e resolveram que era melhor não ter expectativa nem sobre a expectativa. E a noite acabou tão vazia quanto pode ser uma noite sem amanhã.

By Renata que acha graça de como a gente leva a vida tão a sério!

10 comentários:

Wallacy disse...

O que será que acontece? Será que falta atitude? Acho q eu tbm ando levando a vida mtu a sério... xD
Parabéns pelo blog!

caio arroyo disse...

Nossa profundo gosto bastante do seu blog e desculpa te pulado o seu no orkut

Foi bom prá mim! disse...

Wallacy,
acho que o medo é o mal do século: medo de gostar, de magoar, da pressão, do fracasso, do sucesso não ser eterno... e daí... cada um fica do seu lado. Seguro. E monótono.

ZituHh disse...

esse post é bem cara de quem gosta de sair bastante
hehe

muito boa a historia fala de algo parecido do qual já passei...


beijosss

.laranja disse...

poutz..

isso é tão.. eu.

muito bom o blog, voltarei sempre.

Roberta disse...

Renatinha!!!
Levei uma vida pra descobrir como comentar aqui... menina, que loucura!!! parecia uma cega... hahaha.

Bom... de vez em quando sou gata escaldada também.... Mas viver ser amanhã não é tão interessante!

Beijão.
Roberta.

luíza disse...

o medo tem esvaziado as pessoas mesmo, é preciso muita coragem pra viver, pra deixar a vida te levar, pra sentir novas coisas...

Arthurius Maximus disse...

Concordo com a maioria. O medo é o mal do momento. As pessoas tem medo de se envolberem e sofrerem. Privam-se de um convívio mais profundo em nome da comodidade.

Rob Gordon disse...

As pessoas - ou os gatos, já que todos são escaldados de alguma forma - tem cada vez mais medo de quebrar a casca do ovo que os protege e dar um passo que possa ser arriscado. Triste, triste...

Wanderson Oliveira disse...

Engraçado como às vezes tudo aquilo que tem tudo para dar certo..........simplesmente não dá!
Temo que os gatos em questão sintam que ficou no ar um sentimento de como seria se tivesse rolado.......!
Acho que é melhor tomar mais um banho de água quente do ficar com essa impressão!!!