3 de fevereiro de 2007

O calado também está errado


Receber crítica não é fácil para ninguém. Quando vem de cima, então, a coisa piora. É dramático ouvir o chefe dizer: "Meu caro, pisaste na bola". Você tem vontade de cortar os pulsos.
Se concorda com a crítica, sente-se um lixo.
Se discorda, acha-se um injustiçado.
Se serve de consolo, você não é o único que não digere críticas. Não se conhece uma única pessoa no mundo que tenha aberto uma garrafa de champanhe para comemorar esculachos, censuras, advertências, sermões.

No âmbito profissional, receber críticas faz parte do dia-a-dia. Portanto, a frente e avante! Desistir nunca, desanimar, jamais!

By Renata que cansou de se sentir um lixo e quer partir para a reciclagem!

3 comentários:

Rafael ctba disse...

Uhhhh criticas e mais criticas,num e façio mesmo...
Mais como sempre acho o seu blog com os melhores textos...


Rafael ctba

Adriano Axel disse...

nossa... ânimo no trabalho é uma coisa tensa... principalmente quando se expande e o desânimo no trabalho se torna um intenso desânimo COM O TRABALHO, né?! Reciclagem?! É o jeito, é o jeito...

Helder disse...

Pior eh o chefe que nunca critica. Eu sempre desconfio dos longos periodos de paz, do silencio. Em relacionamentos sadios ha sempre pequenos conflitos (sejam de trabalho, de pai-filho, romanticos, politicos). Relacionamentos onde reina uma longa paz geralmente escondem algo que explodira como ma bomba. O chefe que nunca critica eh o que um da demite de surpresa.